icon-plus
Baía do Rio de Janeiro (do Alto da Boa Vista), (1874), de Nicolau Facchinetti [Foto: Cortesia Danielian / Jaime Acioli]

A Danielian Galeria inaugura hoje, 28/6, exposição que celebra o bicentenário de nascimento de Nicolau Facchinetti, mestre da pintura de paisagem. Com curadoria de Denise Mattar, a mostra reúne cerca de 70 obras, de coleções particulares – como a de João Philippe de Orléans e Bragança, de São Paulo, e de Ronaldo Cezar Coelho e Luiz Carlos Ritter, do Rio de Janeiro – e uma pública: os Museus Castro Maya/Ibram, que emprestaram a icônica pintura Vista do Rio de Janeiro Tomada de Santa Tereza (1892), restaurada para o evento. O público visitante recebe pequenas lupas de bolso para apreciar o detalhamento das pinturas.

Abertura
Facchinetti (1824-1900) – Paisagens (Ir)reais
28/06/2023
Danielian Galeria, Rio de Janeiro
Baía do Rio de Janeiro (do Alto da Boa Vista), (1874), de Nicolau Facchinetti [Foto: Cortesia Danielian / Jaime Acioli]
Tags  
Ronaldo Cezar Coelho   Luiz Carlos Ritter   denise mattar   Danielian Galeria   João Philippe de Orléans e Bragança