icon-plus
Amarras (2024), Marina Quintanilha [foto: cortesia da artista]

Em sua mostra individual, Quintanilha apresenta pinturas de mulheres anônimas em momentos íntimos e silenciosos, fragmentos de um cotidiano que transportam o visitante para uma internalidade simultaneamente vivida e ficcional. Antes de pintar, a artista encena e filma ensaios dessas situações. Dessa forma, tanto no processo como nas próprias pinturas, o trabalho reflete um repertório em outras linguagens, como o cinema, a animação e a fotografia na era das redes sociais. A exposição ficará em cartaz de 18/5 até 18/6.

ABERTURA
Fixação
18/05/2024
Galeria Izabel Pinheiro, São Paulo
Amarras (2024), Marina Quintanilha [foto: cortesia da artista]
Tags  
Galeria Izabel Pinheiro   marina quintanilha