icon-plus
Yaô de Ewa, Candomblé (Belém - PA) (2014), de Guy Veloso

No mês do Meio Ambiente, o Instituto Incluzartiz lança o programa Amazônia, Agora,  projeto multidisciplinar que convida o público a se aproximar dos olhares que partem da maior floresta tropical do mundo e de seus múltiplos agentes. Dividido em três eixos: expositivo — que contará com uma série de exposições, coletivas e individuais, de narrativas e pesquisas em torno de artistas e da cultura visual amazônica; experimental — uma programação de estudos, conversas, oficinas e projeções de obras audiovisuais intitulada Laboratório Amazônico —; e pesquisa — ativação de parcerias e residências com outras organizações, instituições e projetos artísticos que estabeleçam intercâmbios entre vozes de diferentes estados, o programa tem início com a mostra coletiva sobre manifestações do divino na região amazônica, com curadoria de Paulo Herkenhoff. A partir deste sábado, 24.

Abertura
O Sagrado na Amazônia
24/06/2023
Instituto Inclusartiz
Yaô de Ewa, Candomblé (Belém - PA) (2014), de Guy Veloso
Tags  
Paulo Herkenhoff   amazônia   Instituto Inclusartiz