icon-plus
Postado em 26/08/2013 - 4:38
Arquitetura em prêmio e debate
Mariel Zasso

Lançamento do Prêmio Akzonobel de arquitetura tem debate com Nuno Ramos, Marta Borgea e Paulo Miyada

Marta_bogea

Legenda: A arquiteta e professora da FAU/USP Marta Bogéa é uma das convidadas do debate de lançamento do 1º Prêmio Akzonobel de Arquitetura (Foto: divulgação/Studio 3X)

O artista plástico Nuno Ramos e a arquiteta Marta Borgea, responsável pela expografia de importantes mostras como a Bienal de São Paulo e o Panorama da Arte Brasileira do MAM, discutem com Paulo Miyada, coordenador do Núcleo de Pesquisa e Curadoria do Instituto Tomie Ohtake, sobre os principais aspectos que levam em conta para conceber e realizar intervenções espaciais temporárias e permanentes. O debate, realizado na intenção de abrir novas perspectivas acerca do repertório e imaginário empregado pela arquitetura hoje, marca também o lançamento do 1º Prêmio de Arquitetura Akzonobel. Uma parceria da AkzoNobel com o Instituto Tomie Ohtake, o prêmio é dirigido a arquitetos de até 40 anos, brasileiros ou estrangeiros residentes no país há pelo menos dois anos. 

O projeto visa ampliar o repertório arquitetônico de diversos públicos, através de ações programadas como palestras e mesas redondas, além de mapear uma geração de arquitetos tendo em vista os desafios urbanos contemporâneos, como moradia, transporte público e deslocamento. O júri do concurso, cujo edital completa será divulgado por ocasião do seu lançamento, na terça-feira (27), vai levar em conta a consistência e originalidade dos processos criativos envolvidos no projeto, valorizando profissionais que consigam ressignificar programas arquitetônicos contribuindo para forçar limites tecnológicos, explorando tradições, novos materiais e processos construtivos de forma inovadora.

O debate e lançamento do prêmio acontecem amanhã (27), às 20h, no Instituto Tomie Ohtake. As inscrições para o concurso vão até dia 8 de novembro.

Saiba mais:

Prêmio Akzonobel